Share

Hands and Rede Globo bring content to WiFi networks

A Hands Mobile selou uma parceria com a Rede Globo para criar o projeto G1 WiFi, que levará histórias para os pontos de WiFi da rede de parceiros da Hands.

Notícias do G1 em 1 Minuto marcam a estreia da iniciativa que poderá expandir para novos formatos e conteúdos em breve.

“Os Hotspots WiFi estão evoluindo de simples pontos de conexão à internet para verdadeiros portais de conteúdos e serviços, pensados para melhorar a experiência dos usuários de forma customizada para cada local, bem como dia e horário”, comenta João Carvalho, CEO da Hands.

A empresa opera com WiFi Advertising desde 2015 por meio de uma rede de parceiros composta por Claro, NET, Boingo, Zoox, Ziva entre outras.

Eduardo Schaeffer, diretor de negócios integrados da Rede Globo, acredita que a força desse projeto está na oportunidade de ampliar o alcance das histórias da empresa, que passam a fazer parte de mais uma experiência importante no dia a dia dos brasileiros.

“Somos contadores de histórias, está em nosso
DNA. E levar esse conteúdo que engaja, emociona e informa para todas as pessoas, independentemente do device em que estão, é nossa obrigação. O projeto com a Hands reforça essa crença da Globo, sobre a importância das pessoas terem acesso ao nosso conteúdo onde estiverem e quando quiserem”, explica o diretor.

Com o projeto, as empresas levam ao mercado anunciante uma nova experiência para marcas se relacionarem com usuários, unindo a presença física do OOH com a interatividade do digital.

“É uma nova oportunidade de negócio para a Globo e mais uma maneira de levarmos histórias e conteúdo de qualidade e credibilidade para os brasileiros”, defende Guilherme Castanho, gerente de P&D em Negócios e Licenciamento da emissora.

“Já os usuários, se beneficiam com a oportunidade de acessar a internet de forma gratuita e ainda receber informações sobre o que acontece no Brasil e no mundo. E a Hands, juntamente com os parceiros das redes, torna seu inventário cada vez mais
atraente, agregando valor à plataforma através do licenciamento do nosso conteúdo”, explica.

Segundo Claudio Santos, VP de Mercado da Hands, o objetivo é oferecer ao mercado uma solução de publicidade em vídeo “com brand safety e viewability garantido, sem consumir o pacote de dados dos usuários e num momento que ele está mais aberto a ser impactado, faz todo sentido”.

A comercialização das primeiras cotas, realizada pela Hands Mobile, inicia em outubro, com foco nas campanhas de final de ano.

Link da Noticia