Case Takenet

Takenet

A Takenet surgiu em Belo Horizonte como uma startup desenvolvedora de soluções de conteúdo móvel. A companhia recebeu um aporte de BRL 1M dos sócios, que viriam a se tornar fundadores da Confrapar. Além da injeção de capital, os sócios se utilizaram de seu know-how de mercado e rede de contatos para expandir as operações da investida. Depois de fechar contratos com as quatro operadoras de telefonia móvel brasileiras, a companhia ampliou sua atuação para a América Latina, tendo conquistado clientes em países como Chile, México e Colômbia. Chegou também aos Estados Unidos, através de um contrato com a Verizon. Cinco anos após o investimento, a Takenet já havia se firmado como o principal gateway das Américas. A companhia foi, então, vendida para o grupo japonês Faith Inc. (4295 Tokyo Stock Exchange), gerando um múltiplo de 92 vezes o valor investido.

Case QuickLessons

Takenet

O QuickLessons nasceu no Rio de Janeiro como uma plataforma para produção de cursos interativos com foco em B2B. A Confrapar, através de seu fundo VC2, investiu na companhia em parceria com a Affero Lab. A equipe da gestora participou ativamente do processo de desenvolvimento do modelo de negócios, bem como da contratação de uma equipe comercial sênior, com ampla experiência em vendas corporativas. Com um produto de ponta e uma equipe qualificada, a companhia quadruplicou seu faturamento, conquistando uma sólida carteira de clientes, com nomes como Petrobras, Contax, Americanas, Sky, GVT e Itaú, dentre outros. Com a injeção de recursos da multinacional alemã Bertelsmann na Affero Lab em 2015, esta decide incorporar o produto QuickLessons ao seu portfolio, adquirindo a participação do fundo. A venda representou uma taxa interna de retorno de mais de 60% ao ano.

Newsletter

Quer receber novidades sobre a Confrapar? Cadastre seu e-mail abaixo.

Enviando...